E aí, vamos enfim emagrecer em 2019?

Esse é o calendário. Não reparem que já está amassado, mas quis mostrar a realidade. E essa é a realidade: mal começou a ser usado e já está todo amassado. Será que agora consigo?

Início de ano é sempre aquela animação pra fazer tudo que não fizemos no ano passado e tudo que talvez também não façamos esse ano. No entanto, há sempre uma motivação extra aliada a uma esperança de que esse ano será diferente. E, claro, que eu também sou assim.

E uma das maiores promessas de ano novo, principalmente das mulheres, é sempre: emagrecer, ir pra academia e etc. Também não sou diferente. Já iniciei uma dieta e devo entrar na academia nos próximos dias. A ideia é chegar aos 30 anos (que farei em julho deste ano) com o corpo que sempre sonhei (aquela história de braço fino e firme, barriga chapada e bunda dura).

E então resolvi compartilhar com vocês uma ideia que aprendi com um vídeo que uma amiga me ensinou. A proposta é pegar um calendário e marcar nele com adesivo, ou com um X os dias em que você fez. Ou então, que fez exercício físico também como se propôs.

No meu caso, eu imprimi um calendário semestral e colei na porta da geladeira. Também comprei uma cartela de adesivos coloridos e criei uma legenda pois minha intenção é preencher várias coisas: dieta (azul), exercício físico (preto), dia sem carne* (vermelho), dia low carb e ou dia em que consigo ficar sem industrializados (verde), jejum de mais de 16 horas (amarelo).

Isso porque minha proposta pessoal é reduzir o consumo de carboidratos, diminuir a quantidade de carne que como (porque amo demais e como desmedidamente). E, mesmo que não alcance esses objetivos, pretendo manter-me firme na dieta, que consiste em não comer pão, bolos, doces e biscoitos, basicamente reduzir açúcar e farinha.

Não sei se vai funcionar, mas acho que ver seu desempenho ao abrir a porta da geladeira pode te dar mais ânimo pra não se deixar vencer pelas desculpas: “ah, mas hoje eu to meio resfriada, então mereço”; “hoje trabalhei muito e me estressei demais, preciso comer uma pizza com refrigerante e um sorvete de sobremesa”. CLARO, que não é preciso abandonar tudo, mas, no meu caso, eu arrumo desculpas muito facilmente e uma vez que saí da rotina, é muito difícil voltar porque aí minha fome aumenta muito.

Enfim, vamos tentar mais uma vez queimar aquelas gordurinhas extras. E aproveitar a empolgação do início de ano e motivação do Carnaval pra se dedicar. Se der resultado dessa vez, conto pra vocês e, quem sabe (se eu tiver coragem), mostro fotos do antes e depois.

Thaís Mota

Thaís Mota

Jornalista e blogueira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *