Nutricionista ensina como emagrecer com a dieta da sopa (sem passar fome)

Foto: SXC.hu

Foto: SXC.hu

Ter um corpo sequinho e curvilíneo é sonho de consumo de dez entre dez mulheres (ou da maioria esmagadora, rs). Em busca desse objetivo, muitas se arriscam em dietas malucas, que prometem resultados a curto prazo. O problema é que além de prejudicar a saúde, o ponteiro da balança volta a subir assim que a dieta é abandonada.

Uma das mais conhecidas é a da sopa, em que a mulherada troca todas as refeições durante uma semana, com a intenção de desintoxicar o organismo e, claro, perder uns quilinhos. Mas não tem jeito, é efeito rebote (com o fim da dieta, o peso volta muito mais forte do que ele estava antes).

Mas é possível sim emagrecer com a dieta da sopa, isso se feita da forma correta. E quem diz isso não sou eu, mas a nutricionista Juliana Morais de Almeida, mestre em ciência dos alimentos e especialista em obesidade e emagrecimento.

A especialista conversou sobre o assunto com o blog. Então, fique atenta e anote tudo.

Dicas

Conforme a nutricionista, as dietas a base de sopas e outros líquidos, como shakes e sucos, são boas opções para os dias posteriores àqueles em que você exagerou na alimentação. Isso porque fornece principalmente água, vitaminas e minerais ao organismo, sendo assim, de baixo valor calórico e diuréticas. “Por isso não devem ser mantidas por muito tempo ou substituírem mais de duas refeições no dia, caso contrário corremos o risco de sentirmos falta de energia, tonteiras e outros”, alerta.

A sugestão da especialista é usar as sopas em uma das refeições, preferencialmente à noite, como opção de jantar, por até três vezes na semana, e em dias alternados. A sopa pode ser ingerida também no dia posterior a alimentação errada, como fast foods, petiscos fritos de bares ou festa, excesso de álcool, dentre outros. “Com isso você ajuda a eliminar as toxinas geradas e facilita todo o processo de “recuperação” do organismo”, pontuou Juliana Almeida.

Foto: SXC.hu

Foto: SXC.hu

Maluquice

Mas se você optar por trocar todas as refeições pela sopa, na tentativa de “agilizar” o emagrecimento, você pode até perder peso na balança em uma semana. No entanto, esse resultado pode ser falso, já que na verdade o corpo está eliminando água.

“Para perder peso na balança de verdade, isso é gordura corporal, precisamos de pelo menos  três semanas de bons hábitos alimentares, que podem incluir uma sopa de bom valor nutricional”, disse.

Segundo a nutricionista, se feita da forma correta, é possível sentir a diferença no manequim em até três semanas.

E se você não sabe como preparar uma boa sopa feita de legumes, preste atenção nas dicas da nutricionista:

1- toda boa sopa deve conter uma proteína, portanto, inclua peito de frango desfiado, carne magra cozida, atum, sardinha, cubos de queijo branco magro, etc;

2- além da proteína, devemos prezar sempre por uma boa fonte de lipídios. Então, um pouco de azeite extra-virgem ou óleo de coco também devem ser usados (“óleo bom é óleo cru” – nada de refogar a sopa com óleo);

3- as sopas de legumes podem e devem ser consumidas com frequência. Evite colocar batata, inhame e mandioca na sopa caso não tenha feito atividade física no dia;

4- lembre-se: uma boa sopa de legumes deve ser feita na panela de pressão, no menor intervalo de tempo possível sob pressão, sem sal e sem gordura alguma. Ou então os legumes devem ser cozidos no vapor e depois de prontos, aproveitar-se a água do cozimento como caldo da sopa.

Juliana Morais de Almeida
Nutricionista
(31) 3582-3843
www.renutra.com.br

Renata Evangelista

Jornalista e blogueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *